Sites Grátis no Comunidades.net

PSY CENA- PSY CENA- PSY CENA- PSY CENA- PSY


A equipe do site Psy Cena, agradece a todos os visitantes que acessam nossa página e colaboram para que este site pemaneça on line! Em menos de 2 meses de existência nossa página superou a marca de 1000 acessos, graças á vocês que a cada dia vem nos ajudando enviando sempre novidades! esperamos que continuem mandando matérias, fotos, vídeos,etc. Curtem nossa home page, e viajem na cena psy trance muito obrigado: equipe PSY CENA
Total de visitas: 30277
notícias




Projeto de lei limita duração de raves a 12 horas no Rio de Janeiro

Na tarde da última terça-feira (27), a Assembléia Legislativa do Rio (Alerj) aprovou, por 41 votos a um, o projeto de lei que cria novas regras para a realização de festas rave e de bailes funk no estado do Rio de Janeiro. Agora, a proposta segue para aprovação do governador Sérgio Cabral, que sancionará ou vetará a lei em um prazo de 15 dias úteis a partir da data em que recebeu o projeto.

De acordo com a proposta, o objetivo é disciplinar os eventos, sobretudo para garantir segurança aos freqüentadores e tentar acabar com a fama de que eles (raves e bailes funk) são associados ao consumo de drogas. Segundo o deputado Álvaro Lins (PMDB), autor do projeto, as raves seriam limitadas a 12 horas de duração, já que “não há razão para uma festa ultrapassar este tempo”, explica Lins.

O projeto do deputado revoga a Lei 3.410, que regulamentava somente os bailes funk, incluindo agora as festas raves. Outra resolução é que os eventos só poderão ser realizados mediante solicitação prévia dos organizadores, com 30 dias de antecedência mínima, à Secretaria de Estado de Segurança Pública. Para obter a autorização, os organizadores deverão apresentar comprovação de tratamento acústico para ambientes fechados, atestado de responsabilidades técnica das instalações, contrato da empresa encarregada pela segurança interna do evento, comprovantes de instalação de detectores de metal e de previsão de atendimento médico de emergência, entre outras exigências. O projeto também traz a obrigatoriedade de detalhamento da expectativa de público e número de ingressos que serão colocados à venda, nome do responsável pelo evento e área para estacionamento, com sua capacidade.

Autor do projeto é preso pela PF

Nesta quinta-feira (29), o deputado estadual Álvaro Lins, ex-chefe da Polícia Civil no Rio, durante o governo de Anthony Garotinho (PMDB), foi preso em flagrante pela Policia Federal, por crime de lavagem de dinheiro. Ele também é acusado de corrupção passiva e facilitação de contrabando. A Assembléia Legislativa do Rio deve decidir nesta sexta-feira (30) sobre o futuro do deputado estadual na Casa.

Segundo as autoridades policiais, Lins e Garotinho mantiveram um esquema com policiais corruptos que protegia contraventores na guerra pelo controle de caça-níqueis no Rio. Ainda de acordo com a PF, o grupo utilizava delegacias estratégicas para as ações.



Eskimo

Junya vem ao Brasil em março! Em sua passagem pelo Brasil, ele toca na Edição Especial de cinco anos da Orbital, marcada para o dia 31 de março (sábado), na Fazenda Maeda, mesmo local da edição especial da XXXPERIENCE.

O inglês ainda passa por Rio de Janeiro, Curitiba e Belo Horizonte, nas três edições do Chemical Music Festival e também na XXXPERIENCE Brasília, que será um dia depois da Orbital, na Granja do Torto.

O “cabeça-de-fogo”, como é chamado pelos brasileiros, deve incendiar a pista de mais de oito mil pessoas na Edição Especial da Orbital, que terá uma decoração especial e uma mega-estrutura de palco, som e luz.

Eskimo é considerado a grande revelação da cena psytrance. Embora seja um produtor de mão cheia – vide sua série “Balloonatic” – ele caiu mesmo nas graças do público por suas performances incríveis, subindo nas mesas de som e só faltando se jogar no público, uma vibe incomum entre os artistas do gênero. Definitivamente exótico, um artista que vale a pena ver e ouvir sempre que possível.

Fonte: Assessoria de Comunicação no limits-eventos
http://www.orbital.art.br


Morre Albert Hofmann, pai do LSD



Após uma vida de viagens inomináveis, morreu em 29/abr/2008 o pai do LSD, Albert Hofmann, aos 102 anos. Ele sintetizou o ácido lisérgico pela primeira vez em 1938 e, cinco anos mais tarde, foi a primeira pessoa no mundo a experimentar os efeitos mais poderosos da substância. Ele faleceu em casa, na Suíça, de ataque cardíaco.

Hofmann trabalhava nos laboratórios da empresa farmacêutica Sandoz, onde desenvolvia estudos para produção de medicamentos a partir de plantas. Além do ácido, ele descobriu estabilizadores de pressão arterial e outros remédios.

Na primeira vez em que teve contato com a droga, acidentalmente, Albert relatou ter visto, “com os olhos fechados, (…) uma corrente ininterrupta de figuras fantásticas, formas extraordinárias com cores intensas e caleidoscópicas”. O acontecimento o encorajou a ingerir no dia seguinte, 19 de abril de 1943, 0.25 miligramas de LSD.

Após sentir os primeiros efeitos, Hofmann pediu para que seu assistente o levasse para casa de bicicleta. “No caminho de casa, meu estado começou a ganhar formas ameaçadoras. Tudo em meu campo de visão estava ondulado e distorcido como num espelho curvo. Eu também tinha a sensação de estar imóvel. Apesar disso, meu assistente me contou mais tarde que nós viajamos bem rápido.”

Apesar de ser opor ao uso recreativo da droga, principalmente pela geração de jovens em 1960, Hofmann lamentava que os potenciais do LSD nunca tivessem sido explorados totalmente.
fonte: rraurl.com.br

fale conosco
Criar um Site Grátis   |